De morte matada

Bembrive, Berã, Arcos da Condesa,
todas elas no borde do barranco,
Morgadães, Chenlo, também Camposancos,
sua democracia, ou morta ou presa.

Paços de Reis minhota, ou Queimadelos,
morrerão de vez, de morte matada,
Vila Sobroso chorará penada
a ruína da paróquia com desvelos.

Representantes desta autoanemia
calam como afogados em poder,
a isso de ser direto não dão creto.

Pensando-lhes melhor, mais não diria
a quem rege para se enriquecer,
não saia a emenda pior que este soneto.

Anúncios

~ por Além da Veiga em Sábado, 25 Agosto 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: