Irás

Irás dizendo que não há direito,
irás clamando ao céu em estrangeiro,
irás chamando falta de respeito
limpar um pouco, quitar este cheiro

tão podre, tão pretérito imperfeito,
presente injusto, tão espanholeiro,
tão nosso, tão próprio, tão nosso jeito
de fazer do país um cagadeiro.

Da bota do opressor lamber a merda,
negarmos que somos uma nação.
O último em sair, que apague o gás.

Uma ignomínia perda-sobre-perda,
roubo a mão armada de sem-razão.
Devolvam-nos o Paço de Meirás!

Anúncios

~ por Além da Veiga em Domingo, 7 Agosto 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: